BALÃO LIVRE!!! 26 de maio de 2001, o dia em que os baloeiros conquistaram O DIREITO DE SOLTAR BALÃO. A Sociedade Amigos do Balão agradece ao EXCELENTÍSSIMO SENHOR DEPUTADO PAULO RAMOS, PDT/RJ, POR ESSA EXCEPCIONAL CONQUISTA. PROPOSTA DO DEPUTADO PAULO RAMOS, PDT/RJ, DANDO CONTINUIDADE À AUDIÊNCIA PÚBLICA, PROMOVIDA PELA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E ASSUNTOS DE POLÍCIA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, ALERJ.

1ª. PROVA DE CAMPO

prova1aRelatório foi realizado a soltura de balão junino propulsado por fonte térmica (bucha) auto-extinguível, em 26 de maio de 2001. O objetivo dessa prova foi demonstrar a prática consolidada pela experiência acumulada ao longo de mais de 300 anos, da tradição do folclore das festas juninas, do domínio sobre a arte do balão junino provido de fonte de propulsão (bucha) que apaga antes da descida ou queda do balão – princípio da bucha do balão japonês, universalmente conhecido como “o balão que se apaga no alto”, ou seja, o balão junino que “não causa incêndio”. O balão subiu da rua henrique sheid, campo de futebol, no engenho de dentro, rio de janeiro; solto das guias às 08:00h; à altura aproximada de 500m seguiu no sentido norte sul, atingindo a orla – zona sul; à altura de 1.500m, rumou no sentido suleste, descendo, às 11:30h, sobre as águas do mar de maricá, à mais de 2.000m da praia; permaneceu, portanto, 210min, em vôo solto; durante o percurso foi acompanhado por terra, em observação direta visual. A combustão da bucha foi de 120min. O ato público foi assistido pelo exmº. Senhor deputado paulo ramos e exmº. Senhor brigadeiro do ar ercio braga, dd presidente do clube de aeronáutica e mais de 200 pessoas, apreciadoras da arte do balão junino. Sucesso pleno! Liberdade!!!

PROJETO: BALÃO JUNINO DE FONTE TÉRMICA AUTO-EXTINGUÍVEL

1ª. PROVA DE CAMPO

prova1FICHA TÉCNICA. Balão: Modelo tangerina, cone superior fechado em forma de ângulo agudo; abertura inferior circular, 0,90m de diâmetro; confecção em papel seda, austríaco; cores verde, amarelo, azul e branco, preto na divisória das bandeiras da decoração de bojo. Estrutura: cintamento vertical e horizontal, fio vegetal, p/reforço da resistência do material. Tamanho: 10,00m esticado e 7,50m, inflado. Molde: 34 gomos, com 0,56m no ponto mais largo do gomo. Peso: 3kg. Boca: Aro de alumínio, seção cilíndrica, com isolante; 0,90m de diâmetro e 4 pontos para conexão de borboleta; base da bucha tipo aranha, 4 pernas de fibra de alumínio, p/conexão. Peso: 1kg. Bandeira: do BRASIL, largura:10,00m, altura:14,00m; confecção em papel seda. Estrutura: cintamento vertical e horizontal, fio vegetal. Cabresto: Armação de flecha para ligar a bandeira à boca e tirantes: altura de 18,00m. Sinalizadores: Discos (CD) metálicos presos nos tirantes, para detecção de radar:10 e, tipo carambola: 2. Peso: 5kg. Fonte térmica auto-extinguível (bucha), princípio da bucha do “balão japonês”: Composição: algodão hidrófilo ou de farmácia e 10% de parafina (mineral)+ 90% de sebo (animal); Peso: 2kg.. Condições de tempo: Céu claro, sem vento, na camada baixa do solo. Outros dados: Local da soltura: terreno do campo da rua Henrique Sheid, Engenho de Dentro, RJ; dia da soltura, 26 de maio de 2001, hora da soltura, entre 6:00h às 7:00h; altura do conjunto, 40m; tempo de combustão total da bucha, aproximadamente 120min; autonomia de vôo solto, aproximadamente 150min à 180min; altura média prevista, 1.000m. Peso total, 11kg.

Evento conseqüente da 3ª. AUDIÊNCIA PÚBLICA, realizada na ALERJ, no dia 31 DE AGOSTO DE 2001, sobre o tema: “O balão junino e suas conseqüências”, sob a presidência do Exmo. Deputado PAULO RAMOS, PDT.

3ª. PROVA DE CAMPO

prova2qFICHA TÉCNICA – Balão. Modelo RALLY, 24 gomos, confeccionado em papel 2ª. Via (30g), com decoração em pintura, nas cores preto, sulferino e laranja. Tamanho: 7,91m, esticado e 5,40m,inflado. Abertura do cone inferior, para conexão da boca: 0,728m de diâmetro. Segurança do balão. Cintamento vertical: fio vegetal (fibra de rami) de 3 fios, nos 24 gomos. Cintamento horizontal: 8 cintas de fio vegetal (fibra de rami) de 3 fios (união de partes). Dispositivo para fixação da bucha. Aro de fibra de carbono de 0,728m de diâmetro e mesa para apoio da bucha, tipo aranha, com 6 hastes de fibra de carbono, para conexão ao aro. Peso: 3,600kg. Lastro. Puxada de boca: 6 cadarços (fio de algodão), com 1,50m, convergente em nó, para ser ligado ao cabresto da antena. Puxada de antena: 18 fitilhos de plástico, a partir do nó, de 12,00m de altura, ligados à antena.
Antena: montada em flecha de ubá, com extensão de 9,00m, trançada com fitilho plástico, para sustentação da bandeira. Bandeira (painel): 8,00m de largura por 8,00m de altura, confecção em papel seda. Estrutura: cintamento vertical e cintamento horizontal, fio vegetal. Peso: 2,500kg. Fonte térmica auto-extinguível (bucha), princípio da bucha do “balão japonês”. Composição: papel higiênico embebido em parafina. Peso: 1,200kg. Tempo de combustão total da bucha: aproximadamente 80min. Altura do conjunto: 26,90m. Autonomia do vôo solto: aproximadamente, de 150min à 180min. Altura média prevista: 500m a 1.000m. Peso total: 7,300kg Outros dados: Local da soltura: terreno do campo do CAIM, Arsenal, São Gonçalo, Rio de Janeiro. Dia da soltura, 14 de outubro de 2001. Hora da soltura, entre 6:30h às 7:30h. Condições de tempo: Céu claro, sem vento, na camada baixa do solo. Nossa voz:  www.sabrio.org.br

prova2A Sociedade Amigos do Balão agradece ao EXCELENTÍSSIMO SENHOR DEPUTADO PAULO RAMOS, PDT/RJ, por essa excepcional conquista. Proposta do Deputado PAULO RAMOS, PDT, em continuação às AUDIÊNCIAS PÚBLICAS, sobre “O BALÃO JUNINO E SUAS CONSEQÜÊNCIAS”, realizadas na ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, ALERJ. 3ª. PROVA DE CAMPO RELATÓRIO Em 14 de outubro de 2001, subiu o 3º. “balão junino”, de ar quente derivado de FONTE TÉRMICA (BUCHA) AUTO-EXTINGUÍVEL. O objetivo dessa prova foi demonstrar a prática consolidada pela experiência acumulada ao longo de mais de 300 anos, da tradição do folclore das FESTAS JUNINAS, do domínio sobre a arte do “balão junino” provido de fonte térmica(BUCHA) que apaga antes da descida  ou queda do balão – PRINCÍPIO DA BUCHA DO BALÃO JAPONÊS, universalmente conhecido como o “BALÃO QUE SE APAGA NO ALTO”, ou seja, o “balão junino” que NÃO CAUSA INCÊNDIO. O balão “SONHO DE PAPEL” foi solto no campo do CAIM, ARSENAL, SÃO GONÇALO/NITERÓI, no RIO DE JANEIRO. Livre das guias, às 07:40h (hora de verão do Brasil), subiu suave, alcançando a distancia de 800m, na atmosfera da Terra; seguiu no sentido norte, permanecendo em vôo solto cerca de 110min. na altura aproximada de 1.200m. O balão caiu leve e apagado,  na região do litoral do Município de Magé, ao fundo da Baía da Guanabara, às 09:50h; não foi apanhado. O balão permaneceu 130min. no ar. Durante o vôo, foi acompanhado através de observação direta visual. O tempo de combustão da fonte térmica (bucha) foi de 80min. Esse ato público, de sucesso pleno, foi assistido pelo EXMº. SENHOR DEPUTADO PAULO RAMOS E EXMº. SENHOR BRIGADEIRO DO AR ERCIO BRAGA, e mais de 50 pessoas, apreciadoras da arte do “balão junino”. LIBERDADE !!!

Este post tem 6 comentários

  1. Detão

    Maravilhoso, és uma riqueza pra minha tese como Técnico Ambiental. Apóio plenamente o balão livre.

    1. sabrio

      Oi Detão,

      Se todo problema ambiental fosse os balões a terra seria uma maravilha!!!

  2. pamela

    gosto muito de baloes

  3. OK TODOS NÓS BALOEIROS SABEMOS QUE ISSO NÃO PASSOU DE UMA UTOPIA FRANCAMENTE FALANDO EU NÃO SEI PORQUE VCS JÁ NÃO TIRARAM ESTA FALSA IMPRESSÃO QUE OS BALÕES JUNINOS ESTÃO DESCRIMINADOS PORQUE????? HÁ SIM O QUE ME INTERESSA DE FATO É QUANTO AO FUTURO DOS BALÕES JUNINOS SIM COM O PÉ NO CHÃO 100 FANTASIA NO MUNDO REAL TEREMOS AGRADÁVEIS SURPRESAS PARA O ANO DE 2015??????? ESPERO SINCERAMENTE QUE SIM JÁ NÃO SUPORTO MAS ESPERAR POR UM MILAGRE QUE INFELIZMENTE NÃO ACONTECE MAIS SEI LÁ VAI QUE BEM VCS SABEM FICO AGUARDANDO MAIS UM ANO A ESPERANÇA É A ÚLTIMO QUE MORRE VALEU FIQUEM TODOS COM DEUS FUIIIIII

    1. sabrio

      estamos tendo avançõs mas o preconceito é grande e temos que ser unidos para brigar com inteligência.

Deixe um comentário